terça-feira, 18 de setembro de 2018

Momento histórico: Prefeito de Gandu assina ordem de serviço do asfaltamento do centro da cidade.



Em clima de festa e muita alegria, o prefeito de Gandu Leonardo Cardoso assinou neste sábado (15), a ordem de serviço do tão sonhado asfaltamento do centro da cidade. Ao lado de secretários, diretores, vereadores da base de apoio e comunidade, Léo deu o ponta pé inicial da obra, que vai marcar a história do município.

O serviço começa nesta segunda (17) pelo Lago Azul, cartão postal da cidade, seguindo pelas principais ruas do centro. A empresa responsável pela obra está utilizando um tipo de asfalto conhecido como CBUQ ou CAUQ (concreto betuminoso usinado a quente) ou (concreto asfáltico usinado a quente), esse material é um dos tipos de revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas e rodovias brasileiras.

De acordo com o engenheiro da secretaria municipal da Infraestrutura, Abdenardo Lobo “Big”, que fiscaliza a obra, o serviço é rápido e eficiente. Cerca de 3 horas após a colocação do revestimento, as ruas são liberadas para o tráfego de veículos.



ASCOM/Prefeitura de Gandu.

FONTE BLOG BOZO

Prefeitura de gandu leva o “gabinete itinerante” para o Bairro Juvêncio Leal

leo IMG-20180917-WA0004 leo IMG-20180917-WA0003

Com diversos serviços oferecidos a população, a prefeitura de Gandu realizou neste domingo (16) mais uma edição do projeto “Gabinete Itinerante”. Os moradores dos Bairros Juvêncio Leal e Bela Vista receberam atendimentos nas áreas de saúde, administração, assistência social, esporte, lazer, cultura, fazenda pública e agricultura.

O evento também contou com a presença do prefeito Leonardo Cardoso, que esteve visitando os stands de atendimentos e aproveitou o momento para ouvir os anseios e reivindicações da comunidade. Desde que foi criado, o projeto já levou os serviços da prefeitura para dezenas de moradores de comunidades carentes do município.

ASCOM/Prefeitura de Gandu.

FONTE BLOG BOZO

Firmino entra, decide no fim, e Liverpool vence o PSG por 3 a 2 em grande jogo

Firmino comemora gol da vitória do Liverpool

COMO FOI A PARTIDA?

O Liverpool foi melhor que o PSG em Anfield. No primeiro tempo, com gols de Sturridge e Salah, os Reds chegaram a abrir 2 a 0. Mesmo com dificuldades de criar, os franceses empataram, pelos pés de Meunier e Mbappé. Contudo, ainda havia uma estrela brasileira para brilhar: nos acréscimos da segunda etapa, Firmino driblou Marquinhos e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Areola. O gol do brasileiro, que tinha substituído Sturridge minutos antes, deu números finais à partida e fez justiça: 3 a 2 para a equipe inglesa.

O BRILHO DE "BOBBY"

Roberto Firmino não começou o jogo como titular. Ainda em recuperação de uma lesão no olho esquerdo, o brasileiro deu lugar a Sturridge e viu o substituto abrir o placar para o Liverpool. No entanto, no fim do jogo, o camisa 9 dos Reds foi a campo e decidiu. Aos 46 minutos, teve a tranquilidade para driblar Marquinhos e enfiar o pé, não dando chances para a defesa de Areola. "Bobby" Firmino, sem dúvidas, foi o destaque do jogo e se tornou o jogador com mais participações em gols na Champions desde a temporada passada – foram 18, sendo 11 gols e 7

Na comemoração, Firmino brinca com o olho machucado

DESTAQUE

TRIO DO PSG FAZ JOGO APAGADO

Neymar, Mbappé e Cavani não conseguiram comandar o PSG nesta terça-feira. Dos três, o brasileiro ainda foi o que mais tentou, mas parou na defesa adversária. Mbappé, por sua vez, até balançou as redes, após saída de bola errada de Salah. No entanto, não conseguiu criar no restante do jogo. Já Cavani, teve dificuldades e tocou poucas vezes na bola.

Neymar cabisbaixo

Neymar cabisbaixo (Foto: EFE)

DESTAQUE

A OUTRA PARTIDA DO GRUPO C
De volta à fase de grupos da Liga dos Campeões 26 anos depois, o Estrela Vermelha empatou sem gols com o Napoli no outro jogo do grupo nesta terça-feira - o duelo foi realizado no Marakana, na cidade de Belgrado, na Sérvia. Ambos, portanto, somaram um ponto: o Estrela ficou na segunda posição porque o time napolitano tem mais cartões amarelos. Confira a classificação completa aqui.

Estrela Vermelha e Napoli não saíram do 0 a 0


DESTAQUE

AGENDAS DE LIVERPOOL E PSG

Após o confronto pela Liga dos Campeões, Liverpool e PSG voltarão as atenções para competições nacionais. No sábado, os Reds enfrentarão o Southampton, também no Anfield, em jogo da Premier League. Já o PSG, visitará o Rennes, no domingo, pelo Francesão.


DESTAQUE

PRÓXIMOS JOGOS PELA LIGA DOS CAMPEÕES
Liverpool e PSG voltarão a campo pela Champions em outubro. No dia 3, os franceses receberão o Estrela Vermelha, enquanto os Reds visitarão o Napoli.

FONTE GLOBOESPORTE

Morumbi receberá a abertura, e decisão da Copa América 2019 será no Maracanã

A Conmebol confirmou na tarde desta terça-feira as sedes da Copa América de 2019. Ficou decidido que o Morumbi será o palco da abertura, enquanto o Maracanã receberá a decisão do torneio.

As outras sedes serão Porto Alegre (Arena do Grêmio), Belo Horizonte (Mineirão) e Salvador (Arena Fonte Nova). São Paulo também será representada pela Arena Palmeiras.

Morumbi vai receber a abertura da Copa América 2019, ou seja, um dos jogos da seleção brasileira — Foto: Igor Amorim / http://saopaulofc.net

Morumbi vai receber a abertura da Copa América 2019, ou seja, um dos jogos da seleção brasileira — Foto: Igor Amorim / http://saopaulofc.net

As semifinais vão acontecer na Arena do Grêmio e Mineirão. A competição será disputada entre 14 de junho e 7 de julho e terá 12 seleções: as dez filiadas à Conmebol mais os convidados Catar e Japão. O sorteio deverá acontecer em fevereiro, em local a ser definido pelo Comitê Organizador Local.

- Nosso objetivo foi selecionar estádios modernos, com grande capacidade de público e que tenham operação regular em jogos de futebol e shows internacionais. Combinamos estádios usados na Copa de 2014 com outros que ainda não participaram dos grandes eventos realizados no Brasil. Além disso, preservamos a recuperação física dos atletas e a qualidade do espetáculo com a premissa de que não haja viagens de mais de três horas entre as sedes - disse Rogério Caboclo, CEO do COL da Copa América.

Maracanã antes de Flamengo x Corinthians: estádio receberá mais uma final — Foto: Alexandre Loureiro/BP Filmes

Maracanã antes de Flamengo x Corinthians: estádio receberá mais uma final — Foto: Alexandre Loureiro/BP Filme

FONTE GLOBO ESPORTE

Paolla fala sobre vazamento de fotos nua

Resultado de imagem para paola oliveira


Paolla Oliveira voltou a falar sobre o caso de vazamento de fotos em que ela aparecia nua, enquanto filmava a série Assédio, da Globo. A atriz reforçou que não perdoou o operador de vídeo, que fez as imagens e divulgou na web.

“Não teve perdão e não tenho por que perdoar. Se eu faço uma coisa eu assumo, você também, é que o processo foi junto com a Globo, porque a emissora também foi prejudicada nisso. Então é uma questão empresarial, não sou eu que toco, é a Globo”, disse Paolla, em conversa com a imprensa nesta segunda-feira (17).

A atriz gravou as cenas dentro de um lugar fechado, num estúdio da produtora O2.

Resultado de imagem para Paolla Oliveira nua

Resultado de imagem para Paolla Oliveira nua

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Resultado de imagem para Paolla Oliveira nua

Resultado de imagem para Paolla Oliveira nua

FONTE BRASIL NOTICIAS

ELEIÇÕES 2018 Pesquisa CNT/MDA: Bolsonaro lidera com 28,2% seguido por Haddad com 17,6%



O candidato Jair Bolsonaro (PSL) lidera a disputa presidencial com 28,2% dos votos, seguido por Fernando Haddad (PT), com 17,6%, e Ciro (PDT) com 10,8% das intenções. Os dados são da pesquisa CNT/MDA divulgada na manhã desta segunda-feira (17).

Foto: Divulgação
Em seguida, aparecem Geraldo Alckmin (PSDB), com 6,1% e Marina Silva (Rede), com 4,1%. João Amoêdo (Novo) possui 2,8%; Alvaro Dias (Podemos) tem 1,9%; e Henrique Meirelles (MDB) tem 1,7%.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades da federação, entre os dias 12 e 15 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.


Veja a intenção de voto estimulada para presidente:
Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%
Fernando Haddad (PT): 17,6%
Ciro Gomes (PDT): 10,8%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6,1%
Marina Silva (Rede): 4,1%
João Amoêdo (Novo): 2,8%
Alvaro Dias (Podemos): 1,9%
Henrique Meireles (MDB): 1,7%
Cabo Daciolo (Patriota): 0,4%
Gulherme Boulos (PSOL): 0,4%
Vera (PSTU): 0,3%
José Maria Eymael (DC): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Branco/Nulo: 13,4%
Indeciso: 12,3%

FONTE IBAHIA

E. C. VITÓRIA Caiu na rede: jogador do Vitória publica vídeo fazendo sexo com outras duas pessoas



Nesta segunda-feira (17), o zagueiro Lucas Ribeiro, do Esporte Clube Vitória, publicou um vídeo no stories de sua conta do Instagram fazendo sexo com mais outras duas pessoas. Nas imagens, é possível ver o jovem de 19 anos acompanhado de um homem e uma mulher. O conteúdo foi excluído da sua rede social logo em seguida.

(Foto: Reprodução / Instagram)
Não é possível identificar onde ou quando o vídeo foi gravado. Na página do jogador, torcedores comentaram o ocorrido na última foto publicada por ele

FONTE IBAHIA

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Polícia confirma morte de vigilante conquistense em assalto a carro-forte na BR-116, três ficaram feridos; veja vídeo



Equipes da Caesg e Rondesp estão em operação na BR-116, próximo a Boa Nova, afim de capturar os bandidos que assaltaram um carro-forte na localidade.

A equipe vítima dos bandidos é de Vitória da Conquista.

Segundo informações oficiais obtidas pela nossa reportagem, um vigilante, natural de Conquista, morreu, e outros três ficaram feridos.

Os nomes das vítimas não foram divulgados

FONTE BLOG RODRIGO FERRAZ


domingo, 16 de setembro de 2018

Bahia sai na frente e cede empate ao Palmeiras na Fonte Nova

Bahia sai na frente e cede empate ao Palmeiras na Fonte Nova

Bahia e Palmeiras fizeram jogo disputado e ficaram no 1 a 1, neste domingo (16 de setembro), na Arena Fonte Nova, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gilberto abriu o placar para os donos da casa, aos 17 minutos. O atacante aproveitou ótimo passe de Ramires e não perdoou Weverton. Depois de um primeiro tempo ruim, o Verdão voltou melhor na segunda etapa, buscando mais o jogo. Até que, aos 32 minutos, Felipe Melo aproveitou cobrança de escanteio de Dudu e empatou a partida: 1 a 1. Com o resultado, os paulistas vão a 47 pontos, mantendo a terceira posição. O Esquadrão de Aço chegou aos 29, na 14ª colocação. Na próxima rodada, a de número 26, o Palmeiras visita o Sport, na Ilha do Retiro. O Bahia, por sua vez, vai à São Januário, encarar o Vasco.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 1 Palmeiras.
Campeonato Brasileiro - 25ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 16/09/2018
Horário: 16h
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Eder Alexandre (ambos de Santa Catarina)
Adicionais: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira e Denis da Silva Ribeiro Serafim (ambos de Alagoas)
Cartões amarelos: Elton (Bahia); Lucas Lima e Bruno Henrique (Palmeiras)
Gols: Gilberto (Bahia) e Felipe Melo (Palmeiras)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Grolli, Lucas Fonseca e Léo; Gregore e Elton (Edson); Ramires, Élber (Marco Antônio) e Zé Rafael; Gilberto (Júnior Brumado). Técnico: Enderson Moreira.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan (Antônio Carlos), Gustavo Gómez e Victor Luiz; Felipe Melo, Jean, Bruno Henrique (Dudu) e Lucas Lima; Hyoran (Willian) e Borja. Técnico: Paulo Turra.

FONTE VOZ DA BAHIA

Simaria passa mal, e Simone anuncia pausa nos shows da dupla

Simaria passa mal, e Simone anuncia pausa nos shows da dupla

A cantora Simone, da dupla com Simaria, se apresentou sozinha no show deste sábado em Santa Catarina e anunciou que vai dar uma pausa nos trabalhos até que a irmã conclua o tratamento contra uma tuberculose ganglionar. Simone informou que Simaria passou mal e teve que voltar ao hospital, em São Paulo, para fazer novos exames. "Dois meses de tratamento dela. Ela começou a passar muito mal. Nesse momento, ela se encontra fazenda novos exames por conta da doença dela. E por esse motivo, amanhã, domingo, vamos dar uma pausa nos nossos trabalhos, a espera de concluir o tratamento da Simaria", disse Simone, durante o show deste sábado. Simaria foi diagnosticada e abril com o quadro de tuberculose ganglionar. Na época, a cantora ficou internada por cinco dias no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e teve que ficar afastada do trabalho por 30 dias. A irmã Simone cumpriu a agenda de shows sozinha. Em novembro de 2017, um diagnóstico de infecção aguda de vias aéreas superiores tirou Simaria dos palcos. A artista ficou em tratamento por aproximadamente um mês e reduziu o número de apresentações no período. (Ibahia)


Morre Franco Scornavacca, pai do trio KLB

Morre Franco Scornavacca, pai do trio KLB

Morreu, ontem (15), o produtor Franco Scornavacca, pai dos músicos Kiko, Leandro e Bruno, que formam o trio KLB. A causa da morte de Franco, que tinha 70 anos, foi uma parada cardíaca, informou a assessoria de imprensa dos músicos.O KLB estava em Curitiba para um show, que foi cancelado, quando recebeu a notícia. Em seguida, voaram de volta a São Paulo para acompanhar o velório que acontece na Assembleia Legislativa de São Paulo. O enterro será hoje no domingo, no cemitério Horto da Paz. No Instagram, Kiko homenageou o pai: “Você é, e pra sempre será meu maior herói! E nunca precisou de capa… Desde sempre e pra sempre! Eu te amo meu pai!”, escreveu. Bruno também relembrou Franco ao compartilhar uma foto de mãos dadas com o pai: “Meu herói!!! Guerreiro. Virou um anjo!!!Foi pro lado do pai. E o que fica é a saudade que está me matando. Amor infinito”. Além de ser um dos responsáveis pelo sucesso do trio KLB, Franco foi também empresário de nomes como Leandro e Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano, Lulu Santos, Roupa Nova e Roberta Miranda. (ATarde)

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

SAÚDE Ibogaína: conheça a substância que Leo Dias usará em tratamento contra drogas


Ibogaína: conheça a substância que Leo Dias usará em tratamento


O jornalista Leo Dias finalizou o 'Fofocalizando', do SBT, desta sexta-feira (14) aos prantos. O colunista do jornal 'O Dia' vai se internar em uma clínica no interior de São Paulo para iniciar um tratamento contra o vício de cocaína. Em entrevista ao 'Notícias da TV', do Uol, Leo revelou que o tratamento é baseado na bogaína, uma substância psicodélica que causa alucinações fortíssimas e pode até matar, mas tem alta eficiência no combate à dependência de cocaína, crack, álcool e maconha.

A terapia é conhecida como uma forma 'revolucionária', já que a ibogaína é um princípio ativo da iboga, raiz cultivada na África Central que estimula a produção de hormônio que promove a regeneração do tecido nervoso e estimula a criação de conexões neuronais. Isso é o que leva à produção de serotonina e dopamina, o que faz desaparecer o vício pela droga. Geralmente, é usada para tratamento de depressão, picada de cobra, impotência e até Aids.

De acordo com informações da publicação, a substância tem o poder de causar até 12h de alucinações, a sonhar de olhos abertos e identificar fatores que podem tê-lo tornado dependente químico, mas pode levar a morte. "Já me senti tantas vezes à beira da morte. Vai ser mais uma. Na verdade, estou cagando de medo. Não de morrer, mas de meu cérebro. Minha grande virtude é meu cérebro, sou um jornalista muito rápido. Morro de medo de sair zoado", disse o colunista, revelando que há registro de 20 mortes no mundo e uma no Brasil.





FONTE IBAHIA

BRASIL Homem mata filho de 6 meses após mulher recusar sexo



Um homem matou o próprio filho, um bebê de 6 meses, na madrugada desta quarta-feira, com um tiro no peito, no município de Luziânia, em Goiás, por ter se irritado com a recusa da mulher para fazer sexo com ele. Maycon Salustiano, de 25 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. A criança chegou a ser levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos.

À polícia, Maycon afirmou que tinha intenção de transar com a mulher, mas ela não quis. Ao ser contrariado, ele foi para outro cômodo e pegou uma garrucha calibre 22 e ameaçou atirar no bebê, que estava no berço no quarto do casal. De acordo com a delegada Caroline Matos, responsável pelo caso, Maycon perguntou se a mãe da criança duvidava de que ele seria capaz de disparar. Ela pediu para o marido manter a calma, mas não adiantou. Após dar seu depoimento, a mulher foi liberada.

— Os pais do Michael contaram ter ingerido drogas e bebidas alcoólicas antes de dormir. A mãe do bebê disse que seu marido acordou e falou nada com nada, tentou manter relação sexual com ela, e ela negou. Os dois começaram a discutir, quando o homem pegou uma arma, uma garrucha calibre 22, e voltou para o quarto. Primeiro apontou para a mulher, que pediu para ele manter calma, e depois apontou para criança, que estava no berço. O Maycon teria ficado indagando a Jennifer se ela duvidava do que ele faria — disse Matos.

A Polícia Militar foi acionada por uma vizinha por volta de 1h30 desta quarta-feira, que afirmou ter ouvido gritos de uma mulher pedindo socorro. No entanto, a mãe do bebê disse que não se lembra de ter gritado. Para a delegada, isso pode significar que ela tenha ficado em estado de choque. O bebê deu entrada na UPA cerca de 2h depois, mas ainda não se sabe ao certo o horário do disparo.

— A gente não sabe dizer o tempo que levou do disparo até a criança ser socorrida. A entrada na UPA foi por volta das 3h30. A mãe alega que depois do disparo teve um apagão, não sabe dizer se desmaiou ou dormiu, nem por quanto tempo. Quando acordou, correu para a UPA, mas o bebê já estava em óbito — afirmou a delegada, acrescentando que não foram encontrados antecedentes criminais contra o pai da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, Maycon foi autuado em flagrante por homicídio, mas pode ainda ser também indiciado por ter ameaçado a mulher.

FONTE IBAHIA

Política Exclusivo Associado diretamente a Lula, Haddad soma 22% e ultrapassa Bolsonaro

Associado diretamente a Lula, Haddad soma 22% e ultrapassa Bolsonaro

O petista registra 31% no Nordeste e venceria todos os adversários no segundo turno, indica a nova pesquisa CUT/Vox Populi

A nova pesquisa CUT/Vox Populi confirma o poder de transferência de voto de Lula, preso em Curitiba e impedido de concorrer à presidência da República pelo Tribunal Superior Eleitoral. Quando claramente apresentado aos eleitores como o candidato do ex-presidente, o petista Fernando Haddad alcança 22% de intenção de votos e assume a liderança na disputa.

Jair Bolsonaro, do PSL, aparece em segundo, com 18%. Ciro Gomes, do PDT, registra 10%, enquanto Marina Silva, da Rede, e Geraldo Alckmin, do PSDB, aparecem com 5% e 4%, respectivamente. Brancos e nulos somam 21%.

O Vox Populi ouviu 2 mil eleitores em 121 municípios entre 7 e 11 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para cima ou para baixo. O índice de confiança chega a 95%.

O instituto tomou a decisão de associar Haddad diretamente a Lula no questionário, ao contrário das demais empresas de pesquisa. Segundo Marcos Coimbra, diretor do Vox Populi, não se trata de uma indução, mas de fornecer o máximo de informação ao eleitor. “Esconder o fato de que o ex-prefeito foi indicado e tem o apoio do ex-presidente tornaria irreal o resultado de qualquer levantamento. É uma referência relevante para uma parcela significativa dos cidadãos. Chega perto de 40% a porção do eleitorado que afirma votar ou poder votar em um nome apoiado por Lula”.


Um pouco mais da metade dos entrevistados (53%) reconhece Haddad como o candidato do ex-presidente. O petista, confirmado na terça-feira 11 como o cabeça de chapa na coligação com o PCdoB, também é o menos conhecido entre os postulantes a ocupar o Palácio do Planalto: 42% informam saber de quem se trata e outros 37% afirmam conhece-lo só de nome.

O desconhecimento é maior justamente na parcela mais propensa a seguir a recomendação de voto de Lula, os mais pobres e menos escolarizados. De maio para cá, decresceu sensivelmente o percentual de brasileiros que afirmam não saber que o ex-presidente está impedido de disputar a eleição: de 39% para 16%.

Ainda assim, é em meio a este público que Haddad registra grandes avanços. Na comparação com a pesquisa de julho, mês no qual o PT ainda nutria esperanças de garantir Lula na disputa, o ex-prefeito passou de 15% para 24% entre os eleitores com ensino fundamental e de 15% para 25% entre aqueles que ganham até dois salários mínimos. O petista chega a 31% no Nordeste e tem seu pior desempenho na região Sul (11%), mesmo quando associado ao ex-presidente.


Ciro Gomes é o menos rejeitado (34%) entre os cinco candidatos mais bem posicionados. Haddad tem a segunda menor taxa, 38%. No outro extremo, com 57%, aparece Bolsonaro.

O deputado, internado desde a sexta-feira 7 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, registra contudo o maior percentual de menções espontâneas (13%), contra 4% de Ciro e Haddad, 3% de Marina e 2% de Alckmin.

O fato de as citações espontâneas se aproximarem da porcentagem registrada por Bolsonaro nas respostas estimuladas demonstra, ao mesmo tempo, um teto do candidato do PSL e uma resiliência que tende a leva-lo à próxima fase da disputa presidencial.

O Vox realizou diversas simulações de segundo turno. Bolsonaro venceria Alckmin (25% a 18%), empataria tecnicamente com Marina (24% a 26%) e perderia para Ciro (22% a 32%) e Haddad (24% a 36%). O pedetista e o petista vencem os demais. O instituto não fez a simulação de um confronto entre os dois.

Por fim, a pesquisa mediu a percepção dos eleitores em relação ao ataque a Bolsonaro ocorrido em Juiz de Fora em 6 de setembro. A maioria absoluta, 64%, associa a facada a um ato solitário de um indivíduo desequilibrado, “com problemas mentais”. Outros 35% acreditam tratar-se de um atentado organizado e planejado, com fins políticos.

A maior parte dos entrevistados (49% contra 33%) não crê que o episódio possa influenciar a decisão de voto dos brasileiros.

FONTE  CARTACAPITAL 

Mulheres e 32 filhos podem dividir bens de funkeiro Mr. Catra

Mulheres e 32 filhos podem dividir bens de funkeiro Mr. Catra

O funkeiro Mr. Catra morreu há uma semana, aos 49 anos, e deixou uma situação inusitada para os padrões brasileiros. Não só porque teve 32 filhos, mas sim por manter três relacionamentos

Pela legislação atual, nada garante que todos os cônjuges também entrem na partilha de bens. Nos últimos anos, quando confrontada com casos de poliamor, a Justiça considerou apenas um companheiro.

Os filhos do cantor, é claro, têm direito à herança. O inventário de Catra, no entanto, não é grande coisa. Segundo o jornal Extra, ele não tinha casa própria e gastou muito com o tratamento de câncer.
Entre os 32 filhos, alguns são de criação, mas não se sabe diferenciá-los dos biológicos. De acordo com a assessoria do músico, Catra dizia não querer nenhum tipo de distinção dentro de sua prole.
As duas casas que mantinha a grande família, no Rio de Janeiro e em Mogi das Cruzes, no interior paulista, eram alugadas. Agora, o que entra na partilha são os direitos autorais de suas músicas.Em maio deste ano, o Conselho Nacional de Justiça proibiu cartórios de registrar a chamada união estável poliafetiva.
A decisão veio depois de algumas notícias de relações assim serem registradas por tabelionatos. Advogados especialistas em direito da família dizem que a divisão de bens em casos como o do funkeiro depende da relação mantida entre as partes.
Esposa, só é permitido ter uma. Mas uma forma de driblar isso seria fazer contrato com cada uma das mulheres. "Assim, ele teria uma obrigação com elas", diz o advogado Pedro Júlio Cerqueira Gomes.
Professor da Faculdade de Direito da USP, José Fernando Simão diz que "para fins de conta, a Justiça considera que a esposa entra na partilha como mais um filho e, no caso de Catra, o dinheiro será dividido em 33 pessoas".
Ou seja, seus filhos e a mulher de Catra, Silvia Regina Alves. As outras duas mulheres do funkeiro não entrariam na divisão. Procurada, a família não quis comentar o caso.
Além de filhos de criação, Catra foi padrinho de muitos artistas como Valesca Popozuda. À reportagem, ela disse que Silvia cuida dos próprios filhos e de alguns que não são seus.
O fotógrafo Matias Maxx, amigo do cantor desde 2000, relembrou que um dos trabalhos que fez com Catra renderia R$ 7.000 ao funkeiro. Porém, o cantor nunca emitiu nota fiscal para receber o cachê.Segundo Matias, a situação de divisão de bens pode "ficar amarrada" entre as mulheres.
A advogada Cibele Tucci diz notar um movimento consistente para que a Justiça admita o poliamor, que é minoritário no Brasil. "Para efeitos sucessórios, é mais distante."
Hoje, relacionamentos plurais ainda são alvo de preconceito e grupos nas redes sociais tentam dar apoio. "Homens associam mulheres poligâmicas à promiscuidade, mas não é nada disso", diz Omar Ballabio, do grupo "Poliamores - Não Monogamia em Debate". Com informações da Folhapress.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Aposta de MT acerta sozinha a Mega-Sena e leva mais de R$ 27 MILHÕES

Mega-Sena

Aconteceu, na noite desta quarta-feira (12), o sorteio do concurso 2077 da Mega-Sena, em Serra Negra (SP). Uma aposta realizada em Mato Grosso acertou as seis dezenas e levou R$ 27.758.694,68.

Confira as dezenas sorteadas:

13 - 16 - 27 - 35 - 37 - 39

De acordo a Caixa Econômica Federal, a Quina teve 117 apostas ganhadoras e faturarão R$ 20.198,69. Já a Quadra teve 6080 apostas ganhadoras que receberão cerca de R$ 555,27.

O próximo sorteio da Mega-Sena acontece no sábado (15), às 20h (horário de Brasília), e tem prêmio estimado em R$ 2,5 milhões.

A aposta mínima custa R$ 4,75 através do Sorte Online e pode ser feita até às 15h do dia do sorteio. Os bolões especiais ficam disponíveis até às 19h.

Como jogar naMega-Sena

Apostar na Mega-Sena e garantir a sua chance de ser o próximo milionário do país é bem simples. Através do Sorte Online, você ainda pode apostar sem enfrentar filas e com várias opções de pagamento.

Tudo o que você precisa fazer é escolher entre 6 e 15 números dos 60 disponíveis no volante da loteria. Acertando 6 dezenas você leva o prêmio máximo do concurso.

Em caso de 5 (quina) ou 4 (quadra) pontos os valores são menores, mas também atrativos.

Clique aqui, conheça o Sorte Online e garanta a sua aposta.

Aproveite para Apostar agora, sem filas, com quem já pagou mais de R$73,4 Milhões em prêmios. Sorte Online, confira!

FONTE MSN

Um milhão de mulheres contra Bolsonaro: a rejeição toma forma nas redes

Manifestação pelo direito das mulheres em dezembro de 2016.

A rejeição do eleitorado feminino ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), refletida em todas as pesquisas e que no último Datafolha, do dia 10 de setembro, chegou a 49%, se materializou nas últimas duas semanas como um grupo massivo de debate político no Facebook. O "Mulheres unidas contra Bolsonaro" já conta com um milhão de participantes e continua crescendo na velocidade de 10.000 novos membros por minuto.

"Destinado à união das mulheres de todo o Brasil contra o avanço e fortalecimento do machismo, misoginia e outros tipos de preconceitos representados pelo candidato Jair Bolsonaro e seus eleitores", de acordo com a descrição do Facebook, o grupo nasceu com a intenção de agregar os discursos de eleitoras indignadas com os posicionamentos do presidenciável em relação aos direitos das mulheres, explica Ludimilla Teixeira, publicitária baiana de 36 anos, uma das criadoras. "Percebia nas minhas próprias redes muitas amigas comentando e criticando essas posturas, então decidimos unir todas essas mulheres e criar um fato político para mostrar que grande parte da população não é favorável a essa candidatura", conta.

Isso aconteceu na quinta-feira, 30 de agosto. 24 horas depois, o grupo, exclusivamente feminino, já chegava a 600.000 participantes. O rápido crescimento já se desdobrou na convocatória de uma manifestação contra o candidato, em 29 de setembro, em São Paulo, que já conta com 40.000 confirmações de assistência. O objetivo, asseguram as administradoras do grupo, é realizar atos similares em outras cidades do país. Como reação, nesta quarta-feira, um outro grupo chamou a atenção no Facebook: "Mulheres unidas a Favor de Bolsonaro", com cerca de 38.000 participantes, mas que, curiosamente, foi criado e é administrado por um grupo de homens.

Na plataforma da rede social, as postagens do grupo contra Bolsonaro criticam não apenas as propostas do candidato, como a flexibilização do acesso a armas, mas principalmente suas declarações em relação à brecha salarial de gênero —o candidato acredita que a equiparação no sistema privado não é competência política do Estado e seu gabinete, conforme adiantou o Valor Econômico, paga menos às mulheres— e seus comentários violentos contra repórteres e colegas políticas. "Um país sério de verdade jamais permitiria que esse cidadão falasse as barbaridades que falou. Cadê o Ministério Público? Cadê os órgãos de defesa das mulheres?", questiona Teixeira em relação à frase "não te estupraria porque você não merece", dita à deputada Maria do Rosário.

O grupo se define como apartidário ("A única bandeira é ser anti-Bolsonaro", diz Teixeira), mas existem postagens fixas sobre os demais candidatos à presidência, nos quais as simpatizantes de cada um podem publicar informações sobre eles e suas propostas. "Acredito que muitas indecisas decidiram em quem votar com base nessas discussões online", comenta a publicitária.

Com um perfil de participantes que vai desde adolescentes até senhoras que, por lei, já não precisariam mais votar, o grupo é espaço de discussão de mulheres que enfrentam familiares e amigos na tentativa de combater o voto ao que consideram "um candidato nefasto". "Meu marido é um coronel militar que vai votar nele. Já não sei mais o que fazer, só penso em rasgar o título de eleitor dele ou esconder seus documentos para que ele não possa votar", conta uma professora de 62 anos, que prefere não se identificar.

As participantes definem o grupo como um "elo de ligação", um espaço de reunião onde elas pudessem debater política livremente, sem ser silenciadas. "Porque quando fazíamos postagens individuais, sempre havia mansplaining(explicação masculina), homens nos atacando com termos chulos, assédio. Há casos até de usuários que tiraram print de fotos das meninas e espalharam por aí, éramos atacadas pelos seguidores de Bolsonaro, que são bastante agressivos. Faltava esse espaço para debate", conta Teixeira.

Também são muitas as postagens de usuárias que desabafam sobre violência doméstica e relações abusivas e de mulheres trans que agradecem por terem encontrado um “espaço solidário”. "Sinto que o Brasil todo está lá. É muito maior do que só um grupo contra Bolsonaro", afirma a publicitária, que destaca que as participantes "não são contra a pessoa" do presidenciável. "Ele é um ser humano que merece respeito. Inclusive, lamentamos muito o ocorrido [referindo-se ao ataque à faca sofrido por Bolsonaro no dia 6 de setembro]. Não somos favoráveis a nenhum tipo de violência ou discurso de ódio, queremos vencê-lo nas urnas".

Foi justamente depois desse atentado que o candidato registrou um crescimento entre três e dois pontos percentuais na intenção de voto feminino, de acordo com as últimas pesquisas Datafolha e Ibope, respectivamente. "O esfaqueamento mobilizou parte dos eleitores indecisos, principalmente as mulheres, que se solidarizaram com o candidato", avalia a antropóloga e cientista social Rosana Pinheiro-Machado.

Por outro lado, a cientista política acredita que o ataque foi também a "faísca" para que mais mulheres se mobilizassem contra Bolsonaro. "A mensagem sobre o voto feminino como faixa de contenção contra ele já vinha circulando e esse atentado disparou o medo de que se gerasse mais simpatia pelo candidato e que levasse a uma vitória sua no primeiro turno".

Para além das eleições
Pinheiro-Machado considera que o movimento de "mulheres unidas contra Bolsonaro" pode ter o mesmo impacto no Brasil que a marcha das mulheres contra Trump nos Estados Unidos, mas matiza que, para isso, o milhão de participantes do grupo virtual tem que se traduzir nas ruas para que se possa gerar um fato político relevante. "Desde a primavera feminista, quem consegue se organizar hoje no Brasil são basicamente as mulheres", diz.

E as organizadoras e participantes da plataforma na rede social não pretendem parar. Elas contam que já consideram mudar o nome do grupo depois das eleições para se tornar, de fato, um movimento que promova rodas de conversa, debates e outras ações em prol dos direitos das mulheres. "Não são só as eleições, temos uma série de pautas pelas quais lutar, como contra o Estatuto do Nascituro [PL 5069/13, que dificultará o acesso ao aborto em casos de estupro], ou a favor da criação de uma lei para criminalizar o assédio", afirma Teixeira.

FONTE MSN

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Corinthians segura 0 a 0 com o Flamengo e deixa decisão para SP



O Corinthians não teve uma atuação brilhante, mas mostrou dedicação e organização defensiva como há algum tempo não se via no clube. Diante de um Flamengo que sofreu para vencer as linhas de marcação alvinegras, o clube paulistano tentou no primeiro tempo, só se segurou no segundo e cravou um resultado de 0 a 0 na noite desta quarta-feira, no estádio do Maracanã, pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil.

Os dois times decidem a vaga na decisão do torneio nacional no próximo da 26, uma quarta-feira, na Arena Corinthians. Até, no entanto, disputam duas rodadas do Campeonato Brasileiro, esfriando um pouco o clima de decisão que tomou conta do embate nos últimos dias.

O próximo compromisso dos comandados de Jair Ventura será contra o Sport, às 19h (de Brasília) do domingo, em Itaquera, na tentativa de afastar a equipe da zona de rebaixamento do torneio. Barbieri e seus atletas, por outro lado, encaram o clássico contra o Vasco, no sábado, às 19h (de Brasília), na capital federal.

Flamengo fica com a bola, mas erra

O Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira com a clara proposta de barrar as investidas do habilidoso meio-campo adversário. Carente de alguns ajustes, a trinca de volantes Ralf, Gabriel e Douglas demorou a barrar as investidas, vendo Vitinho assustar em um chute da entrada da área. Clayson e Romero, voltando para formar uma linha de 5 à frente da defesa, ajudaram a deixar o time mais seguro.

Passado o susto inicial, o Timão começou a sair um pouco mais da sua defesa e quase abriu o placar em uma bobeada de Lucas Paquetá. Colocado em campo mediante grande esforço da diretoria flamenguista, que fretou um voo para trazê-lo dos Estados Unidos, onde defendeu a Seleção Brasileira na terça-feira, o meia recuou bola curta para Diego Alves, Clayson interceptou, invadiu a área e bateu forte, mandando na rede pelo lado de fora.

Pouco depois, Clayson deu belo drible em Éverton Ribeiro, tabelou com Jadson e serviu Douglas dentro da área. O volante chutou cruzado, mas mandou para fora. A resposta dos donos da casa não tardou. Após uma bola afastada parcialmente para a defesa, Cuellar jogou de novo para a área e Paquetá, com o pé direito, chutou cruzado, exigindo boa defesa de Cássio, espalmando para o lado.

Até o intervalo, o camisa 12 ainda teve outra ótima intervenção quando Vitinho cobrou escanteio pelo lado direito, Danilo Avelar desviou para trás e o goleiro conseguiu fazer boa defesa. O mesmo Vitinho tentou em bom lance pela esquerda, ganhando da marcação de Gabriel e cruzando rasteiro para o meio da área, mas Uribe, atrasado e atrapalhado por Henrique, não conseguiu concluir.

Corinthians não deixa passar nada

Os dois times voltaram para a etapa final com a mesma formação, aparentemente satisfeitos com o que foi apresentados nos 45 minutos iniciais. De novo na bola parada, principalmente escanteios, o Flamengo buscou testar a defesa corintiana pelo alto e, se não conseguiu uma finalização de perigo, ao menos ameaçou em jogadas que demoraram a ser afastadas pela retaguarda. Na melhor delas, Ralf, na linha da pequena área, evitou finalização de Réver.

Vitinho seguiu como a melhor opção dos donos da casa, sempre tentando a jogada individual, apesar da forte marcação. Em ouro lance do ponta esquerda, a bola foi rolada para Lucas Paquetá chutar forte da entrada da área, mas parar em defesa segura de Cássio. Foi o último lance do meio-campista da Seleção em campo, substituído, assim como o centroavante Uribe. Entraram Willian Arão e Henrique Dourado.

Os donos da casa viram Arão cair bem pelo lado direito e cruzar várias vezes, mas sempre parando na boa atuação de Henrique. Jair perdeu Fagner e Gabriel, visivelmente cansados, e mandou a campo Paulo Roberto e Araos na tentativa de dar mais gás ao time. A única alteração por opção foi a entrada de Mateus Vital na vaga de Clayson, que já não conseguia puxar os contragolpes corintianos.

Coube a Vital conseguir o único lance mais perigoso do alvinegro, dando pelo drible em Léo Duarte e servindo Romero. O paraguaio, porém, longe das suas noites iluminadas do último mês, cruzou mal para trás. Os minutos finais foram de pressão intensa, mas sem grandes finalizações dos donos da casa, vaiados pela sua torcida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de setembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Willian Arão), Diego e Vitinho (Lincoln); Uribe (Henrique Dourado)
Técnico: Maurício Barbieri

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Paulo Roberto), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Araos) e Douglas; Jadson, Romero e Clayson (Mateus Vital)
Técnico: Jair Ventura


FONTE GAZETA ESPORTIVA

Bolsonaro é submetido a cirurgia de emergência

[Bolsonaro é submetido a cirurgia de emergência]


O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido a uma cirurgia de emergência na noite desta quarta-feira (12) no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A informação foi confirmada à reportagem pelo presidente da UDR (União Democrática Ruralista), Nabhan Garcia, que é amigo e apoiador de Bolsonaro e está no hospital com o deputado.

"Tecnicamente não sei o por quê, mas ele teve de ser submetido a uma cirurgia porque não passou bem ontem [terça-feira, 11] e nem hoje [quarta]", disse Garcia. "Ele está em cirurgia agora, foi submetido há pouquíssimo tempo a essa cirurgia."

O quadro clínico do capitão reformado piorou na manhã desta quarta, quando foi reintroduzida a alimentação venosa após ele ter reagido mal à tentativa de reiniciar o trânsito intestinal com o consumo de sólidos.

Com inchaço abdominal, ele se queixou de dores ao longo do dia e, após tomografia no começo da noite, foram identificaras suspeitas de aderências nas paredes do abdômen. É um quadro usual a quem sofreu grande trauma, como a facada que Bolsonaro levou na última quinta (6).

A cirurgia é emergencial e está sendo conduzida pelo médico Antônio Macedo.

FONTE BOCÃO NEWS

Polícia lança canal para receber denúncias via mensagens de WhatsApp

Polícia lança canal para receber denúncias via mensagens de WhatsApp

O Grupo de Repressão a Roubo em Coletivos (Gerrc) da Polícia Civil anunciou nesta terça-feira, 11, a implantação de um canal de mensagens via WhatsApp para denúncias sobre roubos e crimes contra o transporte público de Salvador. Segundo o coordenador do Gerrc, delegado Glauber Uchiyama, a população poderá entrar em contato por meio do número (71) 3117-6637, uma linha fixa, vinculada à própria rede do estado. Uchiyama informou ainda que a ferramenta é totalmente sigilosa. (ATarde)

De cabelos platinados, bailarina do Faustão posa com lindo maiô e enlouquece a web

























A bailarina do Domingão do Faustão, Mayara Araújo, sempre encanta seus mais de 240 mil seguidores do Instagram com as fotos belíssimas que publica.Na última terça-feira (11), a loira compartilhou em sua rede social uma foto em que aparece com os cabelos platinados e usando um maiô bem cavado.Não demorou muito para que a foto ganhasse centenas de comentários elogiando muito a beleza de Mayara.“Maravilhosa”, “barbie” e “encantadora” foram alguns elogios deixados por fãs na publicação. (Informações: Terra)




SEM BENS, MR. CATRA DEIXA MÚSICAS INÉDITAS PARA OS FILHOS E MULHERES TOCAREM A VIDA

Mr. Catra deixou músicas inéditas

"Tô no meu momento, tô dando tempo ao tempo, mas eu vou te falar. É que eu tô com saudade e é muita sacanagem eu te esperar. Tô com saudade, saudade, saudade”. Esses são versos de uma das últimas músicas deixadas por Mr. Catra, composta e gravada de forma bem diferente dos batidões irreverentes que ele costumava fazer.

A baladinha foi escrita no início de uma noite por Catra e Jhama (ouça o áudio mais abaixo), através de mensagens via WhatsApp e logo depois gravada. A canção iria entrar na trilha de um reality show protagonizado pelo funkeiro e sua família, mostrando seu dia a dia. Mas sua morte no último domingo impediu o projeto.


Pai de 32 filhos e avô de quatro netos, Catra não deixou grandes bens materiais ou imóveis. As duas casas em que mantinha a grande família no Rio e a de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, eram alugadas. Além disso, o funkeiro gastou muito dinheiro no tratamento contra o câncer mesmo pagando plano de saúde.

Mr. Catra deixou músicas inéditas

Alguns membros da prole já trabalham, mas vão contar com os direitos autorais para manter as contas em dia. Silvia, a administradora da carreira de Catra e a mais antiga das três mulheres dele, já anunciou que várias músicas inéditas estão gravadas e pediu que os fãs mantenham a carreira do marido viva. O legado musical, ao que parece, permanece.

Mr. Catra deixou músicas inéditas

FONTE EXTRA

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Bolsonaro foi ferido na barriga, mas não mudou a cabeça, diz Ciro após debate

Bolsonaro foi ferido na barriga, mas não mudou a cabeça, diz Ciro após debate

Três dias depois de o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) ter sido atacado com um golpe de faca no abdômen, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) afirmou que Bolsonaro “foi ferido na barriga, mas não mudou nada na cabeça”. Após participar do debate Estadão/TV Gazeta/Jovem Pan/Twitter deste domingo, 9, Ciro Gomes afirmou que se solidarizou com Bolsonaro e interrompeu sua campanha após a agressão, mas viu que os aliados do candidato do PSL não mudaram de pensamento e decidiu retomar sua agenda. “Ele foi ferido na barriga. Não mudou nada na cabeça. Então eu fui pra luta de novo”, disse Ciro. Ciro afastou a ideia de que a ausência de Bolsonaro no debate tenha impactado o desempenho dos demais candidatos. Ele afirmou que a ausência “não acrescenta muito”, a não ser a falta de uma “posição de ódio” no programa. (Isto é)

"Minha condenação é uma farsa", diz Lula em carta que oficializa candidatura de Haddad

"Minha condenação é uma farsa", diz Lula em carta que oficializa candidatura de Haddad

oto: Ricardo Stuckert/Agencia PT

Nesta terça (11), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou carta na qual oficializou a sua substituição na chapa do PT à Presidência por Fernando Haddad. Na mensagem, lida durante ato em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, Lula deu seu recado mais explícito ao afilhado político, pedindo diretamente votos para a ele, escolhido como seu representante daqui para frente.

Leia na íntegra:

"Carta de Lula ao Povo Brasileiro
Meus amigos e minhas amigas,
Vocês já devem saber que os tribunais proibiram minha candidatura a presidente da República. Na verdade, proibiram o povo brasileiro de votar livremente para mudar a triste realidade do país. Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Há mais de 40 anos ando junto com o povo, defendendo a igualdade e a transformação do Brasil num país melhor e mais justo. E foi andando pelo nosso país que vi de perto o sofrimento queimando na alma e a esperança brilhando de novo nos olhos da nossa gente. Vi a indignação com as coisas muito erradas que estão acontecendo e a vontade de melhorar de vida outra vez. Foi para corrigir tantos erros e renovar a esperança no futuro que decidi ser candidato a presidente. E apesar das mentiras e da perseguição, o povo nos abraçou nas ruas e nos levou à liderança disparada em todas as pesquisas. Há mais de cinco meses estou preso injustamente. Não cometi nenhum crime e fui condenado pela imprensa muito antes de ser julgado. Continuo desafiando os procuradores da Lava Jato, o juiz Sergio Moro e o TRF-4 a apresentarem uma única prova contra mim, pois não se pode condenar ninguém por crimes que não praticou, por dinheiro que não desviou, por atos indeterminados. Minha condenação é uma farsa judicial, uma vingança política, sempre usando medidas de exceção contra mim. Eles não querem prender e interditar apenas o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva. Querem prender e interditar o projeto de Brasil que a maioria aprovou em quatro eleições consecutivas, e que só foi interrompido por um golpe contra uma presidenta legitimamente eleita, que não cometeu crime de responsabilidade, jogando o país no caos. Vocês me conhecem e sabem que eu jamais desistiria de lutar. Perdi minha companheira Marisa, amargurada com tudo o que aconteceu a nossa família, mas não desisti, até em homenagem a sua memória. Enfrentei as acusações com base na lei e no direito. Denunciei as mentiras e os abusos de autoridade em todos os tribunais, inclusive no Comitê de Direitos Humanos da ONU, que reconheceu meu direito de ser candidato. A comunidade jurídica, dentro e fora do país, indignou-se com as aberrações cometidas por Sergio Moro e pelo Tribunal de Porto Alegre. Lideranças de todo o mundo denunciaram o atentado à democracia em que meu processo se transformou. A imprensa internacional mostrou ao mundo o que a Globo tentou esconder. E mesmo assim os tribunais brasileiros me negaram o direito que é garantido pela Constituição a qualquer cidadão, desde que não se chame Luiz Inácio Lula da Silva. Negaram a decisão da ONU, desrespeitando do Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos que o Brasil assinou soberanamente. Por ação, omissão e protelação, o Judiciário brasileiro privou o país de um processo eleitoral com a presença de todas as forças políticas. Cassaram o direito do povo de votar livremente. Agora querem me proibir de falar ao povo e até de aparecer na televisão. Me censuram, como na época da ditadura. Talvez nada disso tivesse acontecido se eu não liderasse todas as pesquisas de intenção de votos. Talvez eu não estivesse preso se aceitasse abrir mão da minha candidatura. Mas eu jamais trocaria a minha dignidade pela minha liberdade, pelo compromisso que tenho com o povo brasileiro. Fui incluído artificialmente na Lei da Ficha Limpa para ser arbitrariamente arrancado da disputa eleitoral, mas não deixarei que façam disto pretexto para aprisionar o futuro do Brasil. É diante dessas circunstâncias que tenho de tomar uma decisão, no prazo que foi imposto de forma arbitrária. Estou indicando ao PT e à Coligação “O Povo Feliz de Novo” a substituição da minha candidatura pela do companheiro Fernando Haddad, que até este momento desempenhou com extrema lealdade a posição de candidato a vice-presidente. Fernando Haddad, ministro da Educação em meu governo, foi responsável por uma das mais importantes transformações em nosso país. Juntos, abrimos as portas da Universidade para quase 4 milhões de alunos de escolas públicas, negros, indígenas, filhos de trabalhadores que nunca tiveram antes esta oportunidade. Juntos criamos o Prouni, o novo Fies, as cotas, o Fundeb, o Enem, o Plano Nacional de Educação, o Pronatec e fizemos quatro vezes mais escolas técnicas do que fizeram antes em cem anos. Criamos o futuro. Haddad é o coordenador do nosso Plano de Governo para tirar o país da crise, recebendo contribuições de milhares de pessoas e discutindo cada ponto comigo. Ele será meu representante nessa batalha para retomarmos o rumo do desenvolvimento e da justiça social. Se querem calar nossa voz e derrotar nosso projeto para o País, estão muito enganados. Nós continuamos vivos, no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Haddad. Ao lado dele, como candidata a vice-presidente, teremos a companheira Manuela D’Ávila, confirmando nossa aliança histórica com o PC do B, e que também conta com outras forças, como o PROS, setores do PSB, lideranças de outros partidos e, principalmente, com os movimentos sociais, trabalhadores da cidade e do campo, expoentes das forças democráticas e populares. A nossa lealdade, minha, do Haddad e da Manuela, é com o povo em primeiro lugar. É com os sonhos de quem quer viver outra vez num país em que todos tenham comida na mesa, em que haja emprego, salário digno e proteção da lei para quem trabalha; em que as crianças tenham escola e os jovens tenham futuro; em que as famílias possam comprar o carro, a casa e continuar sonhando e realizando cada vez mais. Um país em que todos tenham oportunidades e ninguém tenha privilégios. Eu sei que um dia a verdadeira Justiça será feita e será reconhecida minha inocência. E nesse dia eu estarei junto com o Haddad para fazer o governo do povo e da esperança. Nós todos estaremos lá, juntos, para fazer o Brasil feliz de novo. Quero agradecer a solidariedade dos que me enviam mensagens e cartas, fazem orações e atos públicos pela minha liberdade, que protestam no mundo inteiro contra a perseguição e pela democracia, e especialmente aos que me acompanham diariamente na vigília em frente ao lugar onde estou. Um homem pode ser injustamente preso, mas as suas ideias, não. Nenhum opressor pode ser maior que o povo. Por isso, nossas ideias vão chegar a todo mundo pela voz do povo, mais alta e mais forte que as mentiras da Globo. Por isso, quero pedir, de coração, a todos que votariam em mim, que votem no companheiro Fernando Haddad para Presidente da República. E peço que votem nos nossos candidatos a governador, deputado e senador para construirmos um país mais democrático, com soberania, sem a privatização das empresas públicas, com mais justiça social, mais educação, cultura, ciência e tecnologia, com mais segurança, moradia e saúde, com mais emprego, salário digno e reforma agrária. Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros. Até breve, meus amigos e minhas amigas. Até a vitória!
Um abraço do companheiro de sempre,
Luiz Inácio Lula da Silva"

FONTE VOZ DA BAHIA

Com salário de R$ 2 milhões, Fátima Bernardes doa apenas R$ 5 mil para campanha de namorado

Com salário de R$ 2 milhões, Fátima Bernardes doa apenas R$ 5 mil para campanha de namorado

Foto: Divulgação | Gazeta do Povo

A apresentadora global, Fátima Bernardes, contribuiu com a campanha do namorado, Túlio Gadelha, que concorre como candidato a deputado federal em Pernambuco. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a jornalista entra no ranking como a segunda maior doadora da campanha do amado, com o valor de R$ 5 mil. Atualmente, Fátima está no top 3 dos mais bem pagos da TV Globo, recebendo R$ 2 milhões por mês.  Além da namorada, a campanha de Túlio também recebeu doações do sogro, Amâncio da Costa Bernardes, no valor de R$ 4.500, e de uma das filhas de Fátima e Bonner, de R$ 150. O primo do ex-marido de Fátima, Hugo Bonemer, também contribuiu com o valor de R$ 150. O primeiro lugar das doações da campanha é da direção nacional do PDT, no valor de R$ 50 mil Até a manhã desta terça-feira (11), o candidato havia arrecadado o total de R$ 62.286,25. De acordo com informações da Folha de S.Paulo, a apresentadora ainda teria organizado um jantar para amigos com objetivo de arrecadar fundos para a campanha no Rio de Janeiro. (Varela)

Justiça nega pedido de Suzane Richthofen para cumprir resto da pena em liberdade

Suzane Richthofen saiu,beneficiada pela saída temporária, no último Dia dos Pais — Foto: Luara Leimig/TV Vanguarda

A juiza Vânia Regina Gonçalves da Cunha, da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté (SP), negou o pedido da detenta Suzane von Richthofen para progressão ao regime aberto - o que permitiria o cumprimento do restante da pena em liberdade. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça (TJ-SP).

O pedido foi indeferido no último dia 4, mais de um ano após o pedido da presa, que é interna da Penitenciária Santa Maria Pelletier 'P2 Feminina', em Tremembé (SP). Suzane foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, em 2002, e já cumpriu mais de 15 anos de prisão. O processo dela tramita em segredo.

A magistrada recusou o pedido da defesa de Richthofen acompanhando o parecer contrário do Ministério Público (MP-SP). Para a promotoria, após análise do teste de personalidade ao qual a detenta foi submetida 'Teste de Roscharch', Suzane não deve retomar o convívio social.

No exame, psicólogos apontaram que a presidiária é egocêntrica, narcista e influenciável para condutas violentas. O promotor Paulo de Palma analisou esse resultado e recomendou à Justiça que Suzane seja mantida presa.

A defesa dela discordou desse parecer e produziu um laudo paralelo, apresentado também à Justiça, em que argumentou que os apontamentos tidos como supostamente negativos podem ser encontrados em qualquer pessoa, presa ou não, e não são indicadores de que, em liberdade, Suzane voltará a delinquir.

Desde 2015 a detenta cumpre pena no regime semiaberto. Neste regime ela tem direito a cinco saídas temporárias ao ano, incluindo Dia das Mães e Dia dos Pais. Ela trabalha dentro da penitenciária e namora um empresário de Angatuba (SP).

Os comparsas dela no assassinado dos pais, Daniel e Christian Cravinhos tiveram o benefício do regime aberto concedido pela Justiça no ano passado, mas Christian voltou a ser preso em abril deste ano por porte de munição e por tentar subornar policiais.

A Defensoria Pública, que faz a defesa de Suzane Richthofen, informou que não pode se manifestar a respeito do processo porque ele tramita em segredo de justiça.

FONTE G1

Sequestrador de irmão de Zezé Di Camargo e Luciano foge de penitenciária no Paraná

Wellington Camargo aparece na janela de hospital após ser encontrado, em Goiânia, Goiás — Foto: Weimer Carvalho/ O Popular

Ozélio de Oliveira, preso pelo sequestro do cantor gospel Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, é um dos 29 presos que fugiram da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), na Região Metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (11).

O nome do sequestrador consta na lista de foragidos da PEP divulgada pelo Deparmento Penitenciário do Paraná (Depen-PR).

Criminosos fortemente armados explodiram um muro da penitenciária por volta das 3h desta terça e resgataram os detentos, segundo o Depen-PR. Até a última atualização desta matéria, nenhum fugitivo havia sido capturado.

Conforme o departamento, veículos foram queimados nos principais acessos ao complexo penitenciário e nas estradas da região.

Ozélio de Oliveira, preso pelo sequestro do cantor gospel Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, fugiu de penitenciária no Paraná nesta terça (11) — Foto: Reprodução/Depen

Ozélio de Oliveira, preso pelo sequestro do cantor gospel Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, fugiu de penitenciária no Paraná nesta terça (11) — Foto: Reprodução/Depen

De acordo com a Polícia Federal (PF), Ozélio de Oliveira, conhecido como Sumô, foi condenado a mais de 200 anos por vários crimes, entre eles o sequestro de Camargo.

A PF diz que ele foi o responsável pela organização de uma quadrilha de São Paulo em Roraima.

Sequestro
Wellington Camargo foi sequestrado às 22h40 do dia 16 de dezembro de 1998 em sua casa, no Jardim Europa, em Goiânia, por quatro homens armados. O primeiro contato dos sequestrados com a família foi feito cinco dias depois.

Na ocasião, Wellington conversou por telefone com o irmão Emanoel Camargo, que era o porta-voz da família nas negociações.


Na madrugada do dia 13 de março de 1999, os sequestradores enviaram a uma emissora de televisão de Goiânia um pedaço da orelha de Wellington e um bilhete, para pressionar a família a pagar o resgate. Após dois dias, exames confirmaram que a orelha era mesmo da vítima.

O resgate no valor de US$ 300 mil foi pago em 20 de março. No dia seguinte, Wellington foi deixado pelos sequestradores dentro de um buraco, a 150 metros de uma estrada vicinal, entre Goiânia e Guapó, na Região Metropolitana.

O cantor saiu do matagal e foi encontrado por dois motociclistas, que o reconheceram

Em 23 de março de 1999, três dias após o pagamento do resgate, sete dos dez acusados de participarem do sequestro de Wellington foram presos em Campo Grande (MS).

No dia 24, eles foram transferidos para Goiânia. Os outros três integrantes da quadrilha acabaram presos posteriormente. Eles faziam parte de um grupo conhecido como "Quadrilha dos Oliveira", que, segundo a polícia, era chefiado por Osmar Martins e Ozélio Oliveira.

A condenação de sete acusados presos ocorreu em novembro de 1999. Os demais, como ainda estavam foragidos, foram julgados em processos separados.

 FONTE G1


Espanha massacra a Croácia e se destaca no início da Liga das Nações

Espanha massacra a Croácia e se destaca no início da Liga das Nações

No jogo mais atrativo da Liga das Nações nesta terça-feira (11), a Espanha goleou a vice-campeã mundial Croácia por 6 a 0, na cidade espanhola de Elche, em rodada que fechou as primeiras datas destinadas à nova competição da Uefa.

Os gols espanhóis foram marcados por Saúl, Asensio, Kalinic (contra), Rodrigo, Sergio Ramos e Isco.

O triunfo dos comandados de Luis Enrique se juntou à vitória da Suíça sobre a Islândia, no último dia 8, como a maior goleada da competição.

Entre as equipes do considerado primeiro escalão europeu que fizeram dois jogos, só a Espanha venceu ambos. Além do triunfo sobre a Croácia nesta terça, os espanhóis bateram a Inglaterra por 2 a 1, em Wembley. Com 6 pontos, a seleção lidera o Grupo 4 da Liga A.

Campeã do mundo na Rússia, a França soma 4 pontos no Grupo 1 da Liga A. Os franceses empataram com a Alemanha por 0 a 0 na estreia e venceram a Holanda na segunda rodada, por 2 a 1.

A Itália, que não disputou a última Copa do Mundo, é a grande decepção nesse início de competição. Os tetracampeões mundiais somam apenas 1 ponto no Grupo 3 da Liga A, com um empate em 1 a 1 diante da Polônia e uma derrota por 1 a 0 para Portugal.

As seleções europeias só voltam a jogar pela Liga das Nações em outubro, com jogos entre os dias 11 e 16.

FONTE NOTICIAS AO MINUTO

PT anuncia Haddad como candidato à Presidência da República

PT oficializa Fernando Haddad como candidato à Presidência da República – 11/09/2018

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi anunciado oficialmente como novo candidato do PT à Presidência da República na tarde desta quarta-feira 11. Ele substitui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve a candidatura vetada pela Lei da Ficha Limpa, por ser condenado em segunda instância a doze anos e um mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem no caso do apartamento tríplex no Guarujá (SP).

A decisão foi anunciada a menos de duas horas do fim do prazo dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que a coligação O Povo Feliz de Novo (PT, PCdoB e Pros) substituísse seu candidato ao Planalto.

“Nós aceitamos o desafio do ex-presidente Lula, de não deixar o povo brasileiro e o Brasil sem uma opção para a sua luta. Por isso, estamos apresentando Fernando Haddad como candidato”, afirmou a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), que também confirmou Manuela D’Ávila (PCdoB) como candidata a vice-presidente.

Quando da rejeição do registro da candidatura de Lula, o Tribunal estabeleceu que os partidos tinham um máximo de dez dias para efetuar a mudança. A defesa do petista ainda protocolou diversos recursos ao longo dos últimos dias para tentar suspender a inelegibilidade ou, no limite, prorrogar o prazo para a substituição até o próximo dia 17, prazo geral adotado para as demais candidaturas.

A decisão de escolher Haddad, que estava registrado como vice, como novo candidato foi aprovada em uma reunião da Executiva Nacional do PT no início da tarde, que também definiu Manuela D’Ávila como candidata a vice-presidente.

Em seu primeiro discurso, o novo candidato adotou um tom emocional, de falar para o eleitor mais fiel ao ex-presidente Lula. “Eu sinto a dor de muitos brasileiros e brasileiras que vão receber hoje a notícia de que não vão poder votar em quem gostariam de ver subir a rampa do Planalto”, disse. “Vocês estão sentindo a dor que eu estou sentindo, mas agora não é hora de ir para casa. Vamos para a rua para ganhar essas eleições”, completou.

Ele defendeu o legado do petista, citando especialmente as universidades públicas e os programas de transferência de renda e criticou os processos e a condenação do ex-presidente, que, argumentou, são partes de um plano “deles” para “desestabilizar o país”.

Carta
Coube ao ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, um dos fundadores do PT, ler a carta do ex-presidente declarando o apoio a Haddad, seu “representante nessa batalha”. “Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros”, disse Lula. “Por isso, quero pedir, de coração, a todos que votariam em mim, que votem no companheiro Fernando Haddad para presidente da República”.

Lula destacou o papel de Haddad como ministro da Educação em seu governo, uma das estratégias para atrair para a nova candidatura o eleitorado tradicional petista, que ainda não migrou para o ex-prefeito. “Juntos, abrimos as portas da Universidade para quase 4 milhões de alunos de escolas públicas, negros, indígenas, filhos de trabalhadores que nunca tiveram antes esta oportunidade. Juntos criamos o Prouni, o novo Fies, as cotas, o Fundeb, o Enem, o Plano Nacional de Educação, o Pronatec e fizemos quatro vezes mais escolas técnicas do que fizeram antes em cem anos. Criamos o futuro”.

Leia a íntegra do texto:

Meus amigos e minhas amigas,

Vocês já devem saber que os tribunais proibiram minha candidatura a presidente da República. Na verdade, proibiram o povo brasileiro de votar livremente para mudar a triste realidade do país.

Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Há mais de 40 anos ando junto com o povo, defendendo a igualdade e a transformação do Brasil num país melhor e mais justo. E foi andando pelo nosso país que vi de perto o sofrimento queimando na alma e a esperança brilhando de novo nos olhos da nossa gente. Vi a indignação com as coisas muito erradas que estão acontecendo e a vontade de melhorar de vida outra vez.

Foi para corrigir tantos erros e renovar a esperança no futuro que decidi ser candidato a presidente. E apesar das mentiras e da perseguição, o povo nos abraçou nas ruas e nos levou à liderança disparada em todas as pesquisas.

Há mais de cinco meses estou preso injustamente. Não cometi nenhum crime e fui condenado pela imprensa muito antes de ser julgado. Continuo desafiando os procuradores da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro e o TRF-4 a apresentarem uma única prova contra mim, pois não se pode condenar ninguém por crimes que não praticou, por dinheiro que não desviou, por atos indeterminados.

Minha condenação é uma farsa judicial, uma vingança política, sempre usando medidas de exceção contra mim. Eles não querem prender e interditar apenas o cidadão Luiz Inácio Lula da Silva. Querem prender e interditar o projeto de Brasil que a maioria aprovou em quatro eleições consecutivas, e que só foi interrompido por um golpe contra uma presidenta legitimamente eleita, que não cometeu crime de responsabilidade, jogando o país no caos.

Vocês me conhecem e sabem que eu jamais desistiria de lutar. Perdi minha companheira Marisa, amargurada com tudo o que aconteceu a nossa família, mas não desisti, até em homenagem a sua memória. Enfrentei as acusações com base na lei e no direito. Denunciei as mentiras e os abusos de autoridade em todos os tribunais, inclusive no Comitê de Direitos Humanos da ONU, que reconheceu meu direito de ser candidato.

A comunidade jurídica, dentro e fora do país, indignou-se com as aberrações cometidas por Sergio Moro e pelo Tribunal de Porto Alegre. Lideranças de todo o mundo denunciaram o atentado à democracia em que meu processo se transformou. A imprensa internacional mostrou ao mundo o que a Globo tentou esconder.

E mesmo assim os tribunais brasileiros me negaram o direito que é garantido pela Constituição a qualquer cidadão, desde que não se chame Luiz Inácio Lula da Silva. Negaram a decisão da ONU, desrespeitando do Pacto Internacional dos Direitos Covis e Políticos que o Brasil assinou soberanamente.

Por ação, omissão e protelação, o Judiciário brasileiro privou o país de um processo eleitoral com a presença de todas as forças políticas. Cassaram o direito do povo de votar livremente. Agora querem me proibir de falar ao povo e até de aparecer na televisão. Me censuram, como na época da ditadura.

Talvez nada disso tivesse acontecido se eu não liderasse todas as pesquisas de intenção de votos. Talvez eu não estivesse preso se aceitasse abrir mão da minha candidatura. Mas eu jamais trocaria a minha dignidade pela minha liberdade, pelo compromisso que tenho com o povo brasileiro.

Fui incluído artificialmente na Lei da Ficha Limpa para ser arbitrariamente arrancado da disputa eleitoral, mas não deixarei que façam disto pretexto para aprisionar o futuro do Brasil.

É diante dessas circunstâncias que tenho de tomar uma decisão, no prazo que foi imposto de forma arbitrária. Estou indicando ao PT e à Coligação “O Povo Feliz de Novo” a substituição da minha candidatura pela do companheiro Fernando Haddad, que até este momento desempenhou com extrema lealdade a posição de candidato a vice-presidente.

Fernando Haddad, ministro da Educação em meu governo, foi responsável por uma das mais importantes transformações em nosso país. Juntos, abrimos as portas da Universidade para quase 4 milhões de alunos de escolas públicas, negros, indígenas, filhos de trabalhadores que nunca tiveram antes esta oportunidade. Juntos criamos o Prouni, o novo Fies, as cotas, o Fundeb, o Enem, o Plano Nacional de Educação, o Pronatec e fizemos quatro vezes mais escolas técnicas do que fizeram antes em cem anos. Criamos o futuro.

Haddad é o coordenador do nosso Plano de Governo para tirar o país da crise, recebendo contribuições de milhares de pessoas e discutindo cada ponto comigo. Ele será meu representante nessa batalha para retomarmos o rumo do desenvolvimento e da justiça social.

Se querem calar nossa voz e derrotar nosso projeto para o País, estão muito enganados. Nós continuamos vivos, no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Haddad.

Ao lado dele, como candidata a vice-presidente, teremos a companheira Manuela D’Ávila, confirmando nossa aliança histórica com o PCdoB, e que também conta com outras forças, como o PROS, setores do PSB, lideranças de outros partidos e, principalmente, com os movimentos sociais, trabalhadores da cidade e do campo, expoentes das forças democráticas e populares.

A nossa lealdade, minha, do Haddad e da Manuela, é com o povo em primeiro lugar. É com os sonhos de quem quer viver outra vez num país em que todos tenham comida na mesa, em que haja emprego, salário digno e proteção da lei para quem trabalha; em que as crianças tenham escola e os jovens tenham futuro; em que as famílias possam comprar o carro, a casa e continuar sonhando e realizando cada vez mais. Um país em que todos tenham oportunidades e ninguém tenha privilégios.

Eu sei que um dia a verdadeira Justiça será feita e será reconhecida minha inocência. E nesse dia eu estarei junto com o Haddad para fazer o governo do povo e da esperança. Nós todos estaremos lá, juntos, para fazer o Brasil feliz de novo.

Quero agradecer a solidariedade dos que me enviam mensagens e cartas, fazem orações e atos públicos pela minha liberdade, que protestam no mundo inteiro contra a perseguição e pela democracia, e especialmente aos que me acompanham diariamente na vigília em frente ao lugar onde estou.

Um homem pode ser injustamente preso, mas as suas ideias, não. Nenhum opressor pode ser maior que o povo. Por isso, nossas ideias vão chegar a todo mundo pela voz do povo, mais alta e mais forte que as mentiras da Globo.

Por isso, quero pedir, de coração, a todos que votariam em mim, que votem no companheiro Fernando Haddad para Presidente da República. E peço que votem nos nossos candidatos a governador, deputado e senador para construirmos um país mais democrático, com soberania, sem a privatização das empresas públicas, com mais justiça social, mais educação, cultura, ciência e tecnologia, com mais segurança, moradia e saúde, com mais emprego, salário digno e reforma agrária.

Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros.

Até breve, meus amigos e minhas amigas. Até a vitória!

Um abraço do companheiro de sempre

FONTE MSN